ralphlaurenpoloukshops.org ralph lauren uk
Oswaldo Montenegro

DEPOIMENTOS

 

O filme é de uma plasticidade incrível, muito criativo, e a trilha musical é bárbara”. Roberto Menescal (músico, compositor, produtor, sobre o filme "Solidões", 2013)

“O filme Solidões” é bem dirigido, bem fotografado, muito bonito e tem canções lindas; uma história que envolve a gente”. Geraldo Azevedo (cantor e compositor).

"Solidões é um dos filmes mais originais dos últimos anos”. Paulo Henrique Fontenelle, premiado diretor dos filmes Loki, Dossiê Jango e Cássia.

 

"Fiquei encantada! Muito legal o approach musical/trhiller psicológico. Surpreendente e moderno...amei!"
Glória Pires, sobre o filme 'Léo e Bia', 2011.

“Ele é incrível. É um sábio, corajoso, tem colhão para expor essa sapiência sem ligar para a opinião de ninguém. Sempre me apresenta arranjos, coisas que não vejo ninguém fazendo”.
Maria Gadú para a Revista O Globo (02/05/10)

"Oswaldo Montenegro criou um estilo próprio, sem dar bola para bossa nova, tropicália...Essa independência incomodou. Ele ganhou todos os festivais, vendeu milhões de discos, produziu musicais recordistas de público e lota o Canecão até hoje, independente da mídia".
Roberto Menescal para a Revista O Globo (2/05/10)

“Absolutamente deslumbrante. Merece entrar para a história da Música Popular Brasileira.”
Moacyr Scliar, da Academia Brasileira de Letras, sobre a peça musical “Filhos do Brasil”, de Oswaldo Montenegro, 2010.

“Filhos do Brasil é caleidoscópico. Aliás, a cabeça do Oswaldo é caleidoscópica, só que o caleidoscópio é apenas bonito. Nesse caso, além da beleza existe uma função. O espetáculo é político, é social e tem competência. Enquanto o caleidoscópio vai girando, a nossa cabeça vai girando junto.”
Maitê Proença sobre “Filhos do Brasil”, peça musical premiada de Oswaldo Montenegro, 2010.

“Filhos do Brasil” é muito bonito e tocante. Ele é alegre e ao mesmo emociona. Instiga. Dá vontade de estar ali no palco fazendo aquilo”.
Isabela Garcia, sobre o Musical “Filhos do Brasil”, 2010.

“Fiquei encantada. É um trabalho completo de ator.”
Barbara Borges, sobre o Musical Filhos do Brasil, 2010

“Oswaldo Montenegro na triz
força motriz
trapezista
quase tudo por um triz
sina de compositor
vida de artista”
Fernando Mansur (radialista, Rio, 2004)

“Oswaldo Montenegro é o grande trovador moderno da MPB.”
Roberto Menescal – Tribuna Bis – 2004

“Oswaldo Montenegro é um trovador, performático, além de grande intérprete."
Zé Ramalho – 2003

“Salve Oswaldo Montenegro por sua garra e seu talento.”
Alceu Valença – 2002

“Oswaldo Montenegro é um craque, dos nossos maiores compositores.”
Antônio Adolfo – 2000

“Ter um espetáculo de Oswaldo Montenegro é um prazer, uma honra.”
Domingos de Oliveira -1999

“Oswaldo Montenegro é grande. Não lhe conheço os limites, por isso não lhe colocarei rótulos ou conceitos ...”
Túlio Mourão - O Globo – 26 de março de 1999

“Trabalhar com Oswaldo Montenegro foi para mim uma experiência maravilhosa de aprendizado e de amizade.”
Fafy Siqueira - O Globo – 26 de março de 1999

“Trabalhar com Oswaldo Montenegro me permitiu uma experiência inédita: representar a ginástica.”
Luisa Parente - O Globo – 26 de março de 1999

“A inquietação de Oswaldo em bulir com as diversas áreas artísticas é o que marca seus espetáculos como uma verdadeira dança das artes.”
Carlos Lyra - O Globo – 26 de março de 1999

“Oswaldo Montenegro compartilha comigo um tipo de público engajado na arte e cultura brasileira.”
Geraldo Azevedo (compositor)

“Oswaldo me batizou na porta do Labirinto da sorte, onde todos os caminhos existem para formar o todo. E nenhum caminho é o principal.
O caminho certo é a Variedade”.
Paulinho Moska (cantor, compositor) - 23/fev/99

“As composições de Oswaldo Montenegro enriquecem a MPB de maneira fulgurante.”
Jorge Mautner – 1998

“Trabalhar com Oswaldo Montenegro é certeza de qualidade.”
Isabela Garcia – 1992

“Oswaldo Montenegro é talento e criatividade”
Ana Botafogo – O Globo – 1990

“Parece mágica, mas é mágico. Oswaldo Montenegro bateu o recorde de público do Canecão.”
Orlando Zaccone – O Globo – 1987

“Oswaldo é altamente talentoso.”
Marília Pera – Jornal do Brasil – 1985

“Oswaldo Montenegro mostrou ser um estupendo cantor.”
Walter Silva – Folha de São Paulo – 1980

“Tem o pleno domínio do que está fazendo no palco. Um criador com total potência. A posse da magia”.
Ignácio de Loyola Brandão – 1980

“Um intérprete vigoroso, um compositor maduro, letrista de mão cheia.”
Ana Maria Bahiana – O Globo – 1979



©2011-2012 .  Desenvolvido por Midia Sonora  .  Direção de Arte: Wil Minetto  .  Fotos: Guga Melgar, Guido Melgar, Mariana Vianna e Eduardo Galeno  .  Atualizações: Agência Natural